7 de setembro de 2011

Homem-Aranha e Batman

O Governo dos EUA criou um novo método de reabilitação de criminosos insanos; sendo as primeiras cobaias os maníacos Coringa e Carnificina. Ambos recebem chips de computador implantados em suas mentes; mas apesar da experiência começar a dar certo, Carnificina destrói o seu chip; graças ao seu simbionte alienígena. Depois, ele liberta o Coringa, e os dois começam a matar juntos. A história cria uma analogia entre o Batman e o Homem-Aranha; devido ao fato de ambos surgirem do sentimento da culpa (o Batman pela morte de seus pais, o Homem-Aranha pela morte de seu tio).